TRILHA DO LEITE

PROGRAME-SE

13 a 16 de agosto

Trilha do Leite encanta adultos e crianças

Um caminho com ilustrações de vacas por todos os lados contando sobre os benefícios do leite, rotina e curiosidades desses animais. Técnicos preparados para explicar o passo a passo da cadeia produtiva do leite, desde a criação da bezerra até a industrialização do produto.

A Trilha do Leite, grande novidade do Agroleite 2018, atraiu adultos e crianças, de terça a sexta, para percorrer esse percurso de conhecimento. Na instalação de 300m², montada pela Área de Negócios Leite, a apresentação foi dividida em estações, com pequenas palestras em cada. 

Se os adultos gostaram das apresentações, as crianças ficaram encantadas com o mundo que descobriram através da trilha. Muitas turmas das escolas municipais passaram por ali. Uma das visitas foi realizada por alunos do 4º ano da Escola Municipal Professora Mariana Garcez Duarte. "A ideia era que os alunos conhecessem mais sobre o município e o que é produzido aqui", conta a professora de Ciências, Sabrina Bochoski. "Quando tiramos eles da sala de aula, o conhecimento fica mais prático e palpável", complementa a coordenadora pedagógica, Eva Kuk.

A intenção das professoras de proporcionar um conhecimento mais prático para seus alunos foi aprovado por eles. "Achei tudo interessante e bonito. Aprendi muito sobre a vaca, como ela se alimenta, e é cuidada, até o leite ser vendido", disse Thainá Padilha, de 9 anos, uma das espectadoras mais atentas à apresentação. "Cuidando bem da vaquinha, ela cresce forte e saudável", observou a colega Amanda Rosa, também de 9 anos.

O amigo Vitor Eduardo Carneiro, lembrou-se da importância da nutrição dos animais para a produção de um leite saudável. "É preciso fazer a mistura correta da ração para a vaca se alimentar bem", disse ele, que achou curioso a forma como as vacas são pesadas. "Ah, eu não sabia que ela poderia ser pesada com uma fita métrica".  

Nas estações os temas abordados foram história de Castro, reconhecida como a Capital Nacional do Leite, formação da Castrolanda desde a chegada dos primeiros imigrantes em 1951, diferenciais da raça holandesa, nutrição e criação até o 13° mês do animal, manejo do animal adulto, inseminação e melhoramento genético, nascimento do bezerro e a alimentação da vaca leiteira.

Após aprender todos esses pontos, o visitante entrava no setor industrial, para compreender como funciona uma fábrica de laticínios até a caixinha de leite ser comercializada. Na saída, um dos momentos mais gostosos de ter trilhado este caminho: a degustação do Leite Naturalle - o produto que acompanharam desde a origem.